Monte Verde - Praça Osni Ferreira

Monte Verde

Centro e Rodoviária: 9,3 km | Aeroporto: 17,2 km
Bairros próximos: Saco Grande, João Paulo, Cacupé.
Praias próximas: Cacupé.


O bairro Monte Verde fica na região centro-norte da Ilha de Santa Catarina, entre os bairros Saco Grande e João Paulo. Trata-se de uma área pequena e de caráter predominantemente residencial, razões pelas quais as opções de turismo e lazer são limitadas.

Em frente à Rua Almíscar – principal via de acesso ao Monte Verde – está o Floripa Shopping, um dos maiores centros comerciais da cidade. O estabelecimento conta com mais de uma centena de lojas, praça de alimentação, supermercado, salas de cinema e espaço para atrações culturais.

Já na Rua Almíscar propriamente dita há uma das lojas da rede de supermercados Bistek. Logo adiante, na Rua Timbaúba, encontra-se um pequeno prédio comercial com lojas, pet shop, farmácia, consultório odontológico e uma das pizzarias mais antigas de Florianópolis, a Beliskê.

Em termos de atrações ligadas à natureza, o bairro está bem servido: há uma trilha que liga o Monte Verde à Costa da Lagoa e também uma cachoeira. O percurso da trilha tem início na Servidão Olga Lacerda e oferece uma vista privilegiada da cidade, em especial da Baía Norte e da Lagoa da Conceição.

A preocupação com a preservação dos bens naturais do Monte Verde deu origem ao Clube Cultural Pró-Ecológico (CCPEI), cujo maior objetivo é conscientizar a comunidade local a respeito da importância de um modo de vida sustentável. A entidade promove várias atividades ligadas a essa temática, como palestras, encontros e reuniões.

publicidade

História

A história do Monte Verde está diretamente ligada às histórias de seus bairros vizinhos, Saco Grande e João Paulo. A região que vai do trevo do Itacorubi até o Cacupé era conhecida apenas como Saco Grande e era habitada, em grande parte, por descendentes de açorianos que viviam em grandes chácaras e exerciam atividade ligadas à terra, como a agricultura e a criação de animais.

Essa situação começou a se transformar na década de 1970, quando Florianópolis, impulsionada pela conjuntura nacional favorável, passou por um significativo crescimento urbano. A área da construção civil, uma das principais responsáveis pelo milagre econômico ocorrido durante o regime militar, acabou por ser tornar a atividade econômica mais importante da cidade.

Em 1979, o governo do Estado promulgou uma lei que tratava da implementação do Plano Nacional de Habitação Popular (Planhap) em Santa Catarina e cujo principal objetivo era a redução do déficit de habitações. No fim de 1980, foi entregue à população o primeiro conjunto habitacional de Florianópolis, então chamado de Monte Verde. O complexo contava com 400 casas, escola, centro comunitário, supermercado e um prédio comercial.

Seis anos mais tarde, um segundo conjunto habitacional foi inaugurado na região: o Parque da Figueira. O novo fluxo de moradores aumentou significativamente a população do Saco Grande, fato que não passou despercebido pela prefeitura de Florianópolis. Foi por essa razão que o bairro foi dividido em três localidades menores, sendo que a menor delas acabou levando o nome do primeiro conjunto habitacional a ser instalado ali.

Recentemente, com a mudança do Centro Administrativo do Governo do Estado e com a inauguração do Floripa Shopping no Saco Grande, uma intensa especulação imobiliária vem atingindo também o Monte Verde. Pouco a pouco, a paisagem se transforma e os conjuntos habitacionais passam a dividir a paisagem com condomínios sofisticados e grandes lojas do ramo da decoração.


publicidade

publicidade

publicidade

publicidade