Saco Grande - SC 401

Saco Grande

Centro e Rodoviária: 9,3 km | Aeroporto: 16,8 km
Bairros próximos: João Paulo, Monte Verde, Cacupé.
Praias próximas: Santo Antônio de Lisboa.


O Saco Grande possui uma localização privilegiada dentro de Florianópolis, pois se encontra entre a região central e os balneários do norte da Ilha de Santa Catarina. Segundo estimativas, é um dos bairros da capital que mais cresceu nas últimas décadas. O resultado desse crescimento é uma paisagem marcada pelo contraste entre a simplicidade dos moradores mais antigos e a sofisticação dos novos empreendimentos.

Uma das rodovias que atravessam o Saco Grande leva o nome de um famoso escritor da cidade, Virgílio Várzea, sendo margeada basicamente por residências, condomínios e pequenos prédios comerciais. Também é nela que se localiza a Associação Catarinense para Integração do Cego (ACIC) e a Cidade da Abelha, um os maiores apiários da América Latina.

Paralela à Virgílio Várzea está a SC-401, principal rodovia de acesso ao norte da Ilha. Entre as duas rodovias é que fica o Floripa Shopping, com suas 140 lojas, sete salas de cinema, praça de alimentação e uma intensa programação cultural. Também é ali que se aninham o Centro de Tecnologia e Automação Industrial (CTAI/Senai), a Associação Catarinense de Medicina (ACM), o Centro Empresarial Office Park, a sede do grupo RBS e o centro administrativo do Governo do Estado de Santa Catarina, com o Teatro Governador Pedro Ivo.

Contudo, o primeiro grande estabelecimento a apostar na região foi a Primavera Garden Center. Inicialmente uma floricultura, a loja passou por um processo de expansão e hoje também atua no segmento de decoração. Além disso, seu espaço oferece outros tipos de serviço, como salão de beleza, academia, restaurante, café e quadras de tênis.

publicidade

Recentemente, outros gigantes do ramo da decoração seguiram o exemplo da Primavera e se mudaram para o Saco Grande. Logo na entrada do bairro, somos recepcionados por filiais da Tok&Stok, da Balaroti, da Sierra e da Casol. Mais adiante, na SC-401, o Shopping Casa&Design se apresenta como o maior complexo de lojas de artigos de decoração do Estado.

Do outro lado da rodovia, o Business Decor vai além das lojas de decoração e conta com  escritórios de publicidade e telecomunicações, restaurantes, cafés e o campus da Universidade do Vale do Itajaí (Univali). Nas proximidades, encontramos a Sociedade Hípica Catarinense (SHC) e o Cartório Silva.

Para os fãs de alta velocidade, o Podium Kart Floripa oferece infraestrutura ampla, com uma pista mista e uma completamente indoor.

 

 

História

Tal como os primeiros moradores da região, o nome Saco Grande é de origem açoriana. Diz-se que os habitantes do arquipélago dos Açores chamavam de “saco” qualquer área protegida de grandes ondas ou ressacas. Em termos geográficos, entende-se por “saco” os recortes na linha costeira que dão origem às pequenas baías, o que se aplica à posição do bairro no mapa da Ilha de Santa Catarina.

O povoamento do Saco Grande teve início com a chegada de famílias que costumavam viver na Costa da Lagoa e que se dedicavam a atividades primárias, como a agricultura e a criação de animais. Por se tratarem de pessoas que se conheciam há muito tempo, as relações sociais eram intensas e as tradições de seus antepassados eram cultivadas por todos. Diversas celebrações açorianas tomavam conta das ruas do bairro ao longo do ano, entre elas o Terno de Reis e o Boi de Mamão.

publicidade

Porém, nas últimas três décadas, a região passou por mudanças expressivas, fruto do processo de remodelação urbana a que Florianópolis foi submetida. Aos poucos, as chácaras e os grandes terrenos foram loteados e transformados em áreas com trejeitos menos rurais e mais urbanos. Novos moradores passaram a viver no Saco Grande, sendo que a maioria veio de outros pontos da capital, do interior do Estado ou do vizinho Paraná.

Esse fluxo migratório foi intensificado pela inauguração de três conjuntos habitacionais para a população de baixa renda: o do Monte Verde e o do Parque da Figueira, ao longo da década de 1980, e o da Vila Cachoeira, em 2000. Não demorou até a prefeitura dividir o bairro – que ia do trevo do Itacorubi até o do Cacupé – em três localidades menores. Foi assim que nasceram os bairros do Monte Verde e o de João Paulo.

Em 2003, o governo do Estado se mudou para o complexo onde costumava ficar o centro administrativo do Banco do Estado de Santa Catarina (Besc). Três anos mais tarde, em 2006, foi a vez do Floripa Shopping abrir suas portas. Desde então, uma forte especulação imobiliária afeta o Saco Grande. Aos poucos, as residências e os estabelecimentos mais humildes dão lugar aos condomínios de alto padrão, às sedes administrativas de empresas e aos centros de entretenimento.


publicidade

publicidade

publicidade

publicidade