Baiacu de Alguém


Carnaval em Florianópolis


Histórico

O Baiacu de Alguém surgiu no carnaval de 1992, quando um grupo de amigos resolveu buscar uma solução coletiva e divertida para participar do carnaval de rua de Florianópolis e que não fosse aquela tradicional brincadeira dos blocos de sujos – homens vestidos de mulher, algumas poucas mulheres vestidas de homem e o resto da multidão só assistindo.

O nome do bloco resultou da busca por algum elemento ilhéu e não muito formal. A escolha foi o baiacu, peixe muito comum e totalmente desprezado, já que não é bom para o consumo. Para não dar “nome aos baiacus”, ficou decidido que ele seria de qualquer um, ou seja, seria o Baiacu de Alguém.

Em 1999, o desfile do bloco foi transferido para o bairro de Santo Antônio de Lisboa.

Uma marca distintiva do Baiacu é seu informalismo: nada de burocracias e grandes organizações. Os bonecos e alegorias são confeccionados pelos próprios componentes do bloco, contando com a criatividade de cada um.

Neste ano de 2015, o tema do samba do bloco é Baiacu Sem Preconceito. O enredo busca enfatizar a solidariedade, a cordialidade e a amabilidade do povo brasileiro, rejeitando qualquer forma de discriminação.

Ensaios

Os ensaios do bloco acontecem nos dias 08, 13, 15, 20, 22, 27 e 29 de janeiro, à partir das 20h, em frente ao Clube Avante, em Santo Antônio de Lisboa.

 

 

 


publicidade


publicidade

publicidade