Guia Floripa - O endereço de Florianópolis na Internet

Centro Tecnológico - Universidade Federal de Santa Catarina
 

FORMAS DE ENERGIA FONTES ALTERNATIVAS CENÁRIO BRASIL CONSERVAÇÃO
FONTES DE ENERGIA ENERGIA E SOCIEDADE CENÁRIO MUNDO EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

Fontes de Energia

     De todas as diferentes formas de energia citadas anteriormente (as principais forças que a originam e as suas energias derivadas), a energia é geralmente classificada segundo as suas fontes. Utilizando a acepção mais comum - energia como capacidade de produzir trabalho - pode-se distinguir três grupos de fontes de energia, conforme tabela abaixo.


Fontes Geradoras de Energia
 
Convencionais 
Não Convencionais
ou Alternativas
Exóticas
Petróleo  
Gás Natural  
Carvão  
Hidroeletricidade  
Biomassa  
 
Marés
Ventos
Ondas
Xisto
Geotérmica
Fissão nuclear
Solar (produção de calor e/ou eletricidade)
Energia solar (produzida no interior do Sol)
Calor dos oceanos
Fusão nuclear
 
 
 
Dados: José Goldemberg, 1979, Energia no Brasil, Rio de Janeiro, LTC.

 

Características das Principais Fontes Geradoras de Energia

Fonte
Obtenção
Usos
Vantagens
Desvantagens
Petróleo Matéria resultante de transformações químicas de fósseis animais e vegetais. Extraído em reservas marítimas ou continentais. Produção de energia elétrica. Matéria-prima da gasolina e do diesel e de outros produtos como plástico, borracha sintética, ceras, tintas, gás e asfalto. Domínio da tecnologia para exploração e refino. Facilidade de transporte e distribuição. É um recurso esgotável. Libera dióxido de carbono na atmosfera, poluindo o ambiente e colaborando para o aumento da temperatura.
Gás Natural Ocorre na natureza associado ou não ao petróleo. A pressão nas reservas impulsiona o gás para a superfície, onde é coletado em tubulações. Aquecimento;  combustível para geração de eletricidade, veículos, caldeiras e fornos; matéria-prima de derivados do petróleo. Pode ser utilizado nas formas gasosa e líquida; existe um grande número de reservas.  É um recurso esgotável. 
A construção de gasodutos e metaneiros (navios especiais) para o transporte e distribuição requer altos investimentos.
Influencia na formação de chuva ácida e na alteração climática.
Nuclear Reatores nucleares produzem energia térmica por fissão (quebra) de átomos de urânio. A energia produzida aciona um gerador elétrico. Produção de energia elétrica. Fabricação de bombas atômicas. As usinas podem ser instaladas em locais próximos aos centros de consumo. Não emite poluentes que influem sobre o efeito estufa. Não há tecnologia para tratar o lixo nuclear. A construção dessas usinas é cara e demorada. Há riscos de contaminação nuclear.
Hidroeletricidade A energia liberada pela queda de grande quantidade de água represada move uma turbina que aciona um gerador elétrico. Produção de energia elétrica. Não emite poluentes. A produção é controlada. Não influencia no efeito estufa. Inundação de grandes áreas, deslocamento de populações. A construção dessas usinas também é cara e demorada.
Carvão mineral Máteria que resulta das transformações químicas de grandes florestas soterradas. Extraído em minas subterrrâneas ou a céu descoberto em bacias sedimentares. Produção de energia elétrica. Aquecimento. 
Matéria-prima de fertilizantes.
Domínio da tecnologia de aproveitamento. Facilidade de transporte e distribuição. Influencia na formação da chuva ácida devido à liberação de poluentes como dióxido de carbono (CO2) e enxofre (SO2) e óxidos de nitrogênio durante a combustão.
Eólica O movimento dos ventos é captado por hélices ligadas a uma turbina que aciona um gerador elétrico. Produção de energia elétrica. Movimentação de moinhos. Grande potencial para geração de energia elétrica. Não influi no efeito estufa. Não ocupa áreas de produção agrícola. Exige investimentos para transmissão da energia gerada. Produz poluição sonora. Interfere nas transmissões de rádio e TV.
Solar Lâminas ou painéis recobertos com material semicondutor capturam a luminosidade recebida do Sol para gerar corrente elétrica. Produção de energia elétrica. 
Aquecimento.
Não é poluente. Não influi no efeito estufa. Não precisa de turbinas ou geradores para a produção de energia elétrica. Exige investimentos iniciais de relativa monta para o seu aproveitamento.
Biomassa A matéria orgânica é decomposta em caldeiras ou em biodigestores. O processo gera gás e vapor que aciona uma turbina e move um gerador elétrico. Aquecimento. Produção de energia elétrica. 
Produção de biogás ou gás natural (metano).
É fonte renovável. Sua ação sobre o efeito estufa pode ser equilibrada: o gás carbônico liberado durante a queima é absorvido no ciclo de produção. Exige investimentos iniciais  para o seu aproveitamento.
Base de dados: Almanaque Abril - CD Rom, 1999

 

© 2001-2006 Vania Mattozo. Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Kornelius Hermann Eidam.