Praias - Jurere

Relatório de Balneabilidade

Dicas de Turismo

  • Casario Antigo Ribeirão da Ilha

    Visite o Ribeirão da Ilha

    Caminhar pelas ruas do Ribeirão da Ilha é um passeio que reserva belas paisagens naturais, além de referências históricas. O...
    Leia Mais

  • Casa da Memória

    Casa da Memória

    A Casa da Memória de Florianópolis é um centro de documentação vinculado à Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes. Inaugurada em 30...
    Leia Mais

Guia Santa Catarina

Garopaba

Praias próximas: Garopaba

Por ser perto, muita gente vai surfar ou pegar uma praia em Garopaba. Conheça as várias praias perfeitas para o... Leia Mais

Relatório de Balneabilidade das
praias de Floripa
Relatório de Balneabilidade das
praias de SC

 

Entenda os Relatórios de Balneabilidade da Fatma

A Fatma, Fundação do Meio Ambiente, faz análises mensais durante o inverno e semanais durante o verão em 106 balneários de Santa Catarina, o que significa 27 municípios, para verificar se eles são próprios ou impróprios para banho.

Os locais de coleta são escolhidos levando-se em conta a quantidade de banhistas e a proximidade a saídas de corpos d’água, como rios, riachos, valas e tubulações. Esses locais muitas vezes são procurados por crianças e adultos atraídos pela água quente e calma, ignorando que é exatamente pelos corpos d’água que o esgoto chega à praia. A água contaminada pode causar doenças como gastroenterite, verminoses, doenças de pele e até doenças mais graves de veiculação hídrica como hepatite, cólera e febre tifóide.

Para saber se a água é própria para banho e esportes, a Fatma (Fundação do Meio Ambiente) verifica a quantidade de Escherichia Coli existentes, que representa 80% dos coliformes fecais e por isso é considerada a melhor indicadora de poluição hídrica. Por ser uma bactéria do grupo coli, a Escherichia está presentes quando há contaminação fecal de seres humanos e animais de sangue quente.

Para obter um resultado de balneabilidade são feitas cinco coletas consecutivas, uma a cada semana. Ao fazer a sexta, descarta-se a primeira, ficando novamente com cinco. A coleta é feita sempre no mesmo local, a aproximadamente um metro de profundidade.

Além da coleta, a Fatma também acompanha as condições climáticas, o vento, a maré, a temperatura e o PH da água. Tais fatores podem influenciar no resultado de balneabilidade.

Classificação do ponto conforme Resolução Conama nº 274/2000

A água é considerada:

Própria: quando em 80% ou mais de um conjunto de amostras coletadas nas últimas cinco semanas anteriores, no mesmo local, houver no máximo 800 Escherichia coli por 100 mililitros.

Imprópria: quando em mais de 20% de um conjunto de amostras coletadas nas últimas cinco semanas anteriores, no mesmo local, for superior que 800 Escherichia coli por 100 mililitros ou quando, na última coleta, o resultado for superior a 2000 Escherichia coli por 100 mililitros.

Veja o relatório de Balneabilidade das praias de Florianópolis

Veja o relatório de Balneabilidade das praias de Santa Catarina

Informações
(48) 3216-1775 / 1774.


publicidade

publicidade

publicidade