Mercado Publico - Interna

Mercado Público

Dicas de Turismo

Guia Santa Catarina

Balneário Camboriu

Conheça Balneário Camboriú

Pertinho de Florianópolis está o badalado Balneário Camboriú, conhecido também por BC. Muita gente aproveita para passar o dia nas... Leia Mais

O prédio que hoje abriga o Mercado Público de Florianópolis foi construído ao lado da Antiga Alfândega no ano de 1899, em substituição ao antigo mercado que existia no Largo da Matriz, o qual foi demolido, após 45 anos de funcionamento.

 

Os Primeiros Mercados

A história dos primeiros pontos de comércio de peixes e gêneros alimentícios no centro da então Vila de Desterro, atual Florianópolis, foram, por muito tempo, conflitantes com a higiene e a ordem pública nas ruas onde estavam localizados.

Inicialmente, os produtos vindos da região continental eram expostos na praia, sobre a areia. Posteriormente, foram erguidas bancas, ao ar livre, para a exposição dos produtos.

Já em 1838 um primeiro projeto de Mercado Público foi proposto no local entre as atuais ruas Trajano e Deodoro. Contudo, a polêmica localização, gerou debates fervorosos na Câmara de Vereadores.

Em março de 1848, o Decreto n° 252 veio pôr fim a uma luta travada durante meio século, pois autorizava o presidente da Província a “edificar nas marinhas em frente à Igreja Matriz da Cidade do Desterro, uma Praça de Mercado, seguindo a planta que acompanha a presente lei”. A planta era do 1° Tenente Eng. João de Souza Melo e Alvim, aprovada em substituição ao projeto dos três barracões do Vereador Antônio Francisco de Faria. A Província construiria o edifício que, depois de pronto, foi entregue à Municipalidade.

A obra levou três anos para ser finalizada, sendo a inauguração oficial realizada somente em 1851. Este Mercado permaneceu sendo utilizado por 45 anos, até o ano de 1899,  quando então foi demolido com a construção do Mercado Novo. A sua demolição deixou no lugar um Largo, que foi embelezado com arvores que permaneceram até 1917, quando foram substituídas pela atual Praça Fernando Machado.

 

O Atual Mercado Público Municipal

O atual Mercado Público Municipal foi construído em duas etapas: a primeira, entre 1896 e 1899, contava apenas com uma ala. Posteriormente, em 1912, a obra foi complementada com rampas, galpões e uma cobertura que unia toda a extensão da face que ficava voltada para o mar. Somente, entre 1928 e 1931, é que foi construída a segunda ala, bem como as torres, as pontes que as interligam e o vão central.

 

Incêndios e Revitalização

Dentre os incêndios que ser tem registro no Mercado Público de Florianópolis, os que tiveram maior repercussão foram os acontecidos em 06 de Junho de 1998,  quando durante uma reforma um vazamento de gás deu início as chamas. O incendio foi controlado e não comprometeu a a edificação.

No dia 19 de agosto de 2005, por volta das 8h20 da manhã, um novo incêndio, desta vez provocado por uma fritadeira e botijões de gás na cozinha no segundo piso do Box 15, na ala esquerda do Mercado Público, destruiu toda a área interna deste lado do complexo. A reconstrução desta ala iniciou em 12 de setembro e terminou em 15 de dezembro do mesmo ano. A reinauguração foi realizada somente em 02 de fevereiro de 2006.

Esta nova ala, com área de 2.796,8 metros quadrados, passou a abrigar  51 boxes, 22 lojas, três lanchonetes, além de uma sala de administração e de atendimento ao turista. Foram construídos também novos banheiros masculinos e femininos com adaptação para portadores com deficiência física. Com o incêndio, a antiga estrutura em madeira para suporte do telhado, foi substituída por outra em aço galvanizado seguindo o mesmo padrão da antiga. A cobertura foi feita com telhas cerâmicas do tipo francesa.

Em 03 de janeiro de 2013, mais uma vez, um incêndio atingiu o Mercado Público de Florianópolis, sendo que desta vez ficou restrito apenas a um dos box de calçados. O fogo começou por volta da 0h15, mas a 1h já havia sido controlado. Por ter acontecido na madrugada, o lugar estava fechado e ninguém ficou ferido.

Em 2013 o Mercado Público de Florianópolis voltou a ser fechado para obras de revitalização. Uma licitação foi realizada para ocupação dos 114 box e as obras iniciaram, primeiramente, na ala norte. No dia 02 de junho de 2014 esta ala foi reinaugurada, com 61 dos 79 box vazios.

O Mercado Público Hoje 

O prédio, com os diversos bares do vão central, é um ponto de encontro, tanto para os nativos quanto para os turistas, bem como palco de manifestações populares. Lá o visitante pode se deliciar com diversos pratos da gastronomia local, com destaque para a porção de camarão e de peixe frito, sempre acompanhado de um chope gelado. Este, inclusive é um dos programas mais populares entre os manezinhos, que frequentemente se encontram no local para curtir uma tarde animada com muito samba e pagode, discutir política, jogar dominó ou apenas bater papo com os amigos e conhecidos.

Dizem que o Mercado Público é um dos espaços mais democráticos da Ilha, talvez pelo fato de reunir em um só endereço artistas, políticos, boêmios e pessoas simples, sem distinções. O vão do Mercado Público também é usado para apresentações folclóricas. Em uma visita ao local você pode se deparar com boi de mamão, maricota, maracatu e muitas outras expressões da cultura local.

 

Horário de funcionamento

As lojas ficam abertas de segunda a sexta-feira das 9h às 19h e sábados das 9h às 12h. Durante a semana, os bares ficam abertos até as 22h, aproximadamente. Aos sábados ficam até as 15h, em média. Não abre aos domingos.

Endereço e telefone 

Rua Conselheiro Mafra, 255 – Centro.
(48) 3225-8464.

publicidade

* carregando... *

publicidade

* Carregando... *