Praia da Lagoinha: Detalhe Stand-up

Lagoinha

No extremo Norte da Ilha, uma pequena praia com característica de enseada, por ser protegida por costões, abriga uma tradicional colônia de pescadores, águas quentes e calmas, além de um visual estonteante.

A praia da Lagoinha é ideal para aqueles que desejam ter sossego, ficar longe da agitação e curtir a simplicidade das praias de Florianópolis. A região abriga poucas casas residenciais, muitas delas à beira da praia, poucos serviços de hotelaria e utilidades. Ao mesmo tempo, fica próxima de zonas que possuem forte infraestrutura para receber turistas.

A praia da Lagoinha é um pequeno espaço reservado àqueles que querem tranquilidade ao mesmo tempo em que estão pertinho da badalação.

 English version. Click here!

publicidade

Características Naturais da Lagoinha

Está localizada no extremo norte da Ilha de Santa Catarina. É uma praia pequena, com 760 metros de extensão em largura que varia entre 12 e 35 metros.

Geograficamente, é um estuário, ou seja, o local em que águas de um rio desembocam nas águas do mar. Em sua foz, pequenos rios formam uma lagoa de água doce que fica cercada pelo represamento das areias da praia, formando a lagoinha, que dá nome à praia.

A praia tem início na Ponta do Rapa (oeste) e vai até a Ponta da Lagoinha (leste). Nestas duas extremidades há trilhas, uma delas chega a territórios remotos do norte da ilha.

A praia tem um formato de semicírculo, é protegida em suas duas extremidades por costões de vegetação espessa. Isso faz com que as águas sejam muito calmas e quentes. A profundidade vai se intensificando aos poucos.

A areia é amarelo claro e firme, ideal para caminhadas.

História da Lagoinha

Seu povoado teve início por colônias de pescadores. O mar é aberto para o norte, de onde vêm as tainhas, mas a praia tem ondas serenas – então não é difícil para os barcos quebrar a arrebentação. Tudo isso fez da praia da Lagoinha um ambiente perfeito para a pesca.

Algumas atividades agrícolas também integravam o modo de vida dos primeiros habitantes. O cultivo de mandioca, milho e café são exemplos.

Aos poucos, algumas casas de veraneio começaram a aparecer. Famílias em busca de tranquilidade e de uma vida simples se estabeleceram.

Com a proximidade de pólos de serviços como Cachoeira do Bom Jesus, Ingleses e Canasvieiras, não foi necessário comprometer as áreas verdes da região com construções comerciais.

A área permanece até hoje como um núcleo pesqueiro, além de ser sinônimo de paz, tranquilidade e áreas arborizadas.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade