Matadeiro - Praia Panoramica

Praia Matadeiro

Não há carros, ônibus, hotéis, cambistas nem barulho de cidade na Praia Matadeiro. Não há nada além de banhistas, comunidades pesqueiras, surfistas, famílias e natureza, muita natureza.

A Praia do Matadeiro é destino de quem gosta de apreciar praias da forma como elas nasceram, apenas água, areia e árvores. Este recanto natural recebe turistas que procuram sossego e alguns poucos moradores, cujo estilo de vida não passa perto de barulho excessivo ou poluição.

As águas são limpas e cristalinas, mas com ondas bravias e forte repuxo, o que demanda atenção de banhistas. Alguns bares oferecem refrescos e petiscos a turistas que ficam o dia inteiro na praia. Se você está pensando em ficar lá por muito tempo, leve tudo que precisar, pois não há nenhum outro tipo de comércio.

A partir do Matadeiro, há uma trilha que leva até a Praia da Lagoinha do Leste, um dos destinos de Florianópolis que sofreram menor intervenção humana.

 English version. Click here!

publicidade

Características Naturais da Praia Matadeiro

A Praia Matadeiro está localizado entre as praias da Armação e da Lagoinha do Leste. O acesso é feito atravessando o rio Quinca Antônio, que começa na Lagoa do Peri e desemboca no costão do Matadeiro. A quantidade de águas deste rio está relacionada ao nível da Lagoa do Peri e das marés. Alguns dias, é mais fácil atravessa-lo e chegar ao Matadeiro, mas também há períodos em que a travessia deve ser mais cuidadosa.

Por conta do acesso restrito, a mata local está bem preservada. A areia é fina e branca. As águas são limpas, com salinidade alta e bastante claras, sendo possível praticar mergulho livre. Normalmente, tendem a ser bastante frias.

As ondas são muito fortes, em alguns pontos o repuxo é violento, causando situações de arrastamento. Pode entrar a ondulação leste e o vento sul, que deixam as ondas próprias para a prática do surfe.

O limite sul da Praia do Matadeiro é feito pela Ponta do Quebra Remo e, ao norte, o canal sangradouro da Lagoa do Peri faz o limite. Tem cerca de 640 metros de extensão. A faixa de areia varia entre 30 e 60 metros.

História da Praia Matadeiro

Originalmente, em 1785, o local era conhecido como Saco do Matadouro, pois era nesta praia que se fazia o abate de baleias para uso do óleo, além do aproveitamento de carne, gordura e barbatanas. A baleação era a principal atividade econômica desta parte da ilha. O atual nome, Matadeiro, é uma má-utilização do termo matadouro – que faz referência à atividade praticada nesta praia.

Com o declínio da caça às baleias, em meados do século XIX, por conta do desaparecimento de baleias do litoral de Santa Catarina, a praia deixou de ser utilizada para fins econômicos. Alguns pescadores ainda fizeram uso da praia como acesso aos costões em que a pesca da garoupa é propícia.

Atualmente, a praia conta com poucas casas de veraneio ou de residência permanente e alguns bares.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade