Passarinho vindo na mão

Trilha Ecológica do Rio Vermelho

Dicas de Turismo

  • Casa da Memória

    Casa da Memória

    A Casa da Memória de Florianópolis é um centro de documentação vinculado à Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes. Inaugurada em 30...
    Leia Mais

  • surf

    A história do surf em Floripa

    Você conhece a história do surf em Florianópolis? Pois reunimos um conteúdo completo para você que é do tipo historiador curioso. O...
    Leia Mais

Guia Santa Catarina

Balneário Camboriu

Conheça Balneário Camboriú

Pertinho de Florianópolis está o badalado Balneário Camboriú, conhecido também por BC. Muita gente aproveita para passar o dia nas... Leia Mais

Uma Trilha Diferente e Especial. 

A Trilha Ecológica do Rio Vermelho tem dupla função social. Além de proporcionar momentos de lazer, através do contato com a natureza, todas as visitas são conduzidas por um Monitor Ambiental da ONG R3 Animal, que conta a história dos animais da Trilha com a intenção de estimular no visitante o desenvolvimento de um consciência ambiental, através da reflexão sobre como o descaso com a natureza e os maus tratos aos animais podem ser danosos ao meio ambiente.

Num percurso de, aproximadamente, um quilômetro de extensão o visitante tem contato com animais silvestres que não têm mais condições de sobreviver na natureza, por terem sido vítimas de maus-tratos, posse ou tráfico ilegal ou por adquirirem deficiências físicas após se machucarem em linhas de pipa com cerol, fios de energia elétrica ou cercas de arame. São 16 viveiros, com cerca de 150 animais silvestres, onde adultos e crianças tem contato direto com a fauna e a flora da região. São mais de 35 espécies catalogadas que podem ser visitadas no local, como macacos, jabutis, aracuãs, araras e papagaios.

publicidade

A Trilha Ecológica do Rio Vermelho foi inaugurada em abril de 2014 e passou por um período de adaptação dos animais. No parque, diferente das trilhas tradicionais, onde o visitante percorre um trajeto marcado no piso, dois terços do percurso é feito sobre decks de madeira, o que diminuem os impactos ambientais gerados pelo trânsito dos visitantes sobre a fauna e o solo da região. Somente na última parte da trilha é que o visitante percorre um trecho sobre o chão de areia. A visitação é gratuita e o espaço também é acessível para pessoas com dificuldades de locomoção.

Visitação: De terça a domingo, das 9h às 16h. O parque atende até 650 pessoas por dia a fim de minimizar o estresse dos animais.

Endereço: Rodovia João Gualberto Soares (SC-406), Barra da Lagoa.
Informações e Agendamentos: (48) 3665-4490 ou pelo e-mail trilha@fatma.sc.gov.br

publicidade

Serviços relacionados

Saco Grande

Decathlon Florianópolis

Rodovia José Carlos Daux (SC 401), 3400 - Saco Grande - Florianópolis

publicidade

publicidade2

publicidade