PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Bolinho de Bacalhau

Esta é uma verdadeira especialidade dos bares e restaurantes de Florianópolis. Não faltam estabelecimentos na ilha que ofereçam bolinho de bacalhau em todas as épocas do ano. Isso por conta da forte tradição culinária de Portugal, que utiliza o bacalhau nas principais receitas, e que tem muita influência na gastronomia de Florianópolis. A nossa dica é saboreá-lo à beira-mar, com o pé na areia e uma cervejinha gelada. Apesar de também ter ser servido como prato principal também, o que pegou mesmo foi o bolinho como aperitivo nos happy hours ou como a entrada de uma refeição. Em restaurantes de frutos do mar em Florianópolis, é quase certo que o bolinho de bacalhau estará no cardápio. Se esta for a sua pedida, pode realçar o sabor com azeite, pimenta ou limão. Ou em postas, junto com ovo, cebola, tomate e pimentão. Curiosidade: O Bacalhau Gomes de Sá, famosa receita portuguesa, recebe este nome em homenagem ao seu criador, José Luis Gomes de Sá, comerciante português de bacalhau. No início do século XX, cansado dos tradicionais bolinhos de bacalhau que fazia para seus amigos, pegou os mesmos ingredientes e criou esse prato igualmente gostoso. A receita trazia anotada ao seu fim: Se alterarem alguma coisa, "já não fica capaz". Harmonização: As bebidas mais indicadas que acompanham o bolinho de bacalhau, por exemplo, são os vinhos frutados, sejam tinto ou branco. O vinho verde também é uma boa opção. Em Florianópolis, muitas pessoas preferem acompanhar com uma cervejinha, que também cai bem em dias quentes. Para comer como aperitivo, a tradição diz que azeitonas pretas devem sempre vir juntas. Se o bolinho for o prato principal, leva o típico arroz de tomate português (mas é pouco encontrado em Florianópolis).

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE