PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Jurerê Internacional

Após grandes investimentos em urbanização e preocupação ambiental, Jurerê Internacional ganhou visibilidade no mundo inteiro. Já foi considerado The Place to Be pelo jornal The New York Times (2009); o destino mais valorizados do litoral brasileiro pelo Guia Exame de Investimentos Pessoais (2008); e a Praia do Ano pela revista Brazil Travel News (2007).

Praia de Jurerê Internacional

O bairro é bem planejado, arborizado e limpo. As mansões que lá se encontram, além dos carros importados e da badalação, deram a Jurerê Internacional o apelido de Miami brasileira. Durante o verão, a praia vira sinônimo de gente jovem, bonita e rica.



É comum ver helicópteros, Ferraris e iates chegando para as festas, que rolam nos beach clubs. Jurerê Internacional reúne restaurantes de luxo e alto padrão internacional, festas de música eletrônica, corpos esbeltos e os últimos lançamentos da moda.


 English version. Click here!


Características Naturais de Jurerê Internacional

Tem início na divisa com Jurerê tradicional apenas por convenções sociais, pois não há divisa física. Estende-se até o Forte de São José da Ponta Grossa. É uma praia longa, com ondas longas e calmas, areia fina e amarelo claro.

A temperatura das águas é morna durante o verão. O mar caracteriza-se como intermediário, ou seja, possui inclinação média, ocorrendo a arrebentação a uma distância próxima à praia. O relevo do fundo apresenta bancos irregulares de areia, onde quebram as ondas, que costumam ser de caixote e deslizantes. Outra característica é a média salinidade do mar.

A praia tem uma extensão de, aproximadamente, 3.2 km com faixas de areia que variam entre seis e 80 metros de largura.

História de Jurerê Internacional

O primeiro nome do povoado foi Praia da Ponta Grossa, em referência à formação geográfica escolhida para localizar um ponto de defesa militar da Ilha de Santa Catarina. Lá, foi erguida a fortaleza São José da Ponta Grossa, das baterias de São Caetano e Nova do Pontal.

Uma comunidade se organizou e se desenvolveu, dedicando-se à pesca, à agricultura e aos trabalhos junto ao forte.

Em 1955, uma imobiliária chamada Jurerê foi responsável pelo primeiro plano de loteamento da praia, o que causou um choque nos moradores mais tradicionais. A comunidade passou por impactos imobiliários e por grande desenvolvimento urbanístico. Empreendimentos voltados ao turismo foram concluídos e o balneário perdeu a característica de pequena vila.

O termo Jurerê vem do idioma dos índios Carijós, que nomearam o estreito canal entre ilha e continente de Y-Jurerê-Mirim, que significa Boca D’água Pequena. Em 1982, a empresa Habitasul comprou os direitos da área, dando início ao Jurerê Internacional. O projeto previa uma área de alto padrão residencial e de serviços que prezassem pelo compromisso ambiental e sustentável.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE